Subscribe via RSS Feed Connect on Google Plus Connect on LinkedIn
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...Loading...

Existe Cabo Crossover em Gigabit Ethernet? Auto-MDIX é a resposta!

29 de junho de 2013 3 Comments
ShareTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on LinkedInShare on Google+Share on FacebookPin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Muitas literaturas não falam do novo padrão para cabeamento Crossover para Gigabit Ethernet mas . . .  Será que é preciso????

O que encontramos por aí é geralmente figuras como a abaixo, simplesmente dizendo que cabo cross é uma ponta T568A e outra T568B e que é usado para alguns tipos de conexões. Mas como fica o GigabitEthernet já que é preciso usar os 4 pares do cabo UTP?

 

Trecho retirado do material Netacademy Cisco 4.0

 

O Cabo Cross para o padrão Gigabit Ethernet

O padrão Gigabit Ethernet usa os 4 pares do cabo UTP e para ser cross requer também que os pares 1 e 4 sejam cruzados. A figura abaixo mostra a configuração correta de um cabo cross para o padrão Gigabit Ethernet!

Bom, é bacana saber que o cabo usa os 4 pares para Gigabit Ethernet e que o cabo cross “teria” que ser feito dessa forma, mas na prática, na especificação IEEE Gigabit Ethernet, o crossover não é necessário.

 

MDI e MDIX

MDI (Media Dependent Interface) é a NIC como interfaces de rede de servidores, roteadores e outros. MDIX (Media Dependent Interface with Crossover) é o padrão da interface Ethernet para hubs e switches (note em switches Fast Ethernet que o “X” do lado do número da porta em um switch significa que ela é MDIX). Resumindo, quando ligamos uma NIC com uma porta de switch, os pinos 1 e 2 são usados para transmissão e os pinos 3 e 6 usados para recepção na NIC e o inverso na porta do switch, por isso o cabo direto é usado neste caso. Essa convenção foi usada pra facilitar o “crossover” interno no switch.

Créditos: http://encyclopedia2.thefreedictionary.com/MDI+port

 

Auto-MDIX

Desenvolvida pela HP, a feature Auto-MDIX (automatic media dependent interface crossover) permite uma interface detectar o cabo que é requerido para aquele tipo de conexão (cabo direto ou crossover) e automaticamente configurar a conexão apropriada. Com Auto-MDIX, você pode usar tanto cabo direto quanto cabo crossover para conexão com outro dispositivo que a interface automaticamente detecta o tipo de conexão!

Nem todas interfaces, softwares ou equipamentos de rede suportam o Auto-MDIX no padrão FastEthernet e, os que suportam, precisam estar configurados em “auto-sense” em ambas as pontas para detecção automática. O Auto-MDIX não precisa estar configurado nas duas pontas, apenas em uma é suficiente.

Exemplo de configuração em uma interface Fast Ethernet no Cisco:

Switch(config-if)# speed auto
Switch(config-if)# duplex auto
Switch(config-if)# mdix auto

 

Para o padrão Gigabit Ethernet, o Auto-MDIX já está na especificação*! Portanto, não é preciso saber se você precisa de um cabo cross ou um cabo direto. No padrão Gigabit Ethernet o ideal é padronizar tudo na norma de cabeamento T568a.

 

*Na especificação Gigabit Ethernet do IEEE a implementação do Auto-MDIX é opcional mas a maioria dos fabricantes implementam. Se for um switch “xulambis” é bom olhar a documentação . . . e caso não implementem, o cabo cross do Gigabit está aí . 😉

 

 

 

Referências:

http://standards.ieee.org/about/get/802/802.3.html

http://www.hp.com/hpinfo/abouthp/iplicensing/automdix.html

http://www.ieee802.org/3/ab/public/feb98/ddmdix1.pdf

http://www.cisco.com/en/US/tech/tk389/tk214/tech_digest09186a0080091a86.html

http://www.cisco.com/en/US/tech/tk389/tk214/technologies_tech_note09186a0080094781.shtml

http://www.zytrax.com/tech/layer_1/cables/tech_lan.htm#hints

 

😉

Seu ip é:
54.81.88.93

ShareTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on LinkedInShare on Google+Share on FacebookPin on PinterestEmail this to someonePrint this page

About the Author:

O autor trabalha com tecnologia de redes há 13 anos, participa de congressos no Brasil e no mundo, e contribui para melhoria de protocolos e sistemas com fabricantes de equipamentos de rede.
  • Glaydson

    Bom, cara acho que na verdade se fala que o cross-over é o cabo de uma ponta 568A e outra 568B pelo fato de só serem usados os dois pares (Verde-Verde\Bco e Laranja, Laranja\Bco) para se  transmitir os dados logo a afirmação não deixa de ser verdadeira, o cabo Cross-Over de gigabit (aliás de qualquer padrão) vai depender de quais pares ou quais fios transmitem e quais recebem na mesma ponta me lembro aqui do padrão 1000Base-T e do 1000Base-TX por exemplo, no 1000Base-T: cada fio tem uma função diferente ou seja, cada par transmite e recebe simultâneamente logo no cross-over seria inverter cada par na outra pontajá no padrão 1000-BaseTX, os pares 1,2 e 3,4 são transmissores e os pares 5,6 e 7,8 são receptores, logo um cross-over seria inverter os pares transmissores com os receptores na outra ponta. Concluindo o correto é sabermos as informações técnicas detalhadas para o padrão para termos certeza e seguri a norma bacaninha…

    Obs.: Se deixarmos a norma EIA/TIA de lado dá pra fazer um cross-over universal… rsrs

    Valeu e parabéns pelo post.

    fonte: Prof. Jo´se Eustáquio e http://www.projetoderedes.com.br/artigos/artigo_cabeamento_para_gigabit_ethernet.php

  • Burnout

    Isso você fala de Switch né? Por padrão da especificação fica claro o uso do MDIX, então não faz diferença usar ou não o crossover.
    Agora e quanto a ligação PC->PC: se quiser ter um Crossover em gigabit temos que fazer o crossover conforme o padrão acima, certo?

  • wolfz2015

    Fala Burnout. Se for Gigabit, não é mais necessário cabo crossover ;-).